Ínicio Notícias

Arquitecta Amanda Levete, autora do projeto do MAAT vence Prémio Jane Drew para Mulheres na Arquitetura

 2018-02-22

Luso Cuanza: Arquitecta Amanda Levete, autora do projeto do MAAT vence Prémio Jane Drew para Mulheres na Arquitetura

A arquiteta britânica Amanda Levete, autora do projeto do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa, foi galardoada com o Prémio Jane Drew para Mulheres na Arquitetura 2018

Este galardão visa distinguir "arquitetas que, através do seu trabalho e compromisso de excelência, tenham elevado o perfil das mulheres na arquitetura".

Fundadora do ateliê AL_A, com sede em Londres, Amanda Levete trabalhou na Future Systems com o então marido, o arquiteto Jan Kaplický, em projetos que foram aclamados pela crítica, como o edifício da Selfridges, em Birmingham, no Reino Unido, e o Lord´s Media Centre, vencedor de um prémio RIBA (Royal Institute of British Architects) em 1999.

Depois de deixar a Future Systems, a arquiteta fundou o AL_A em 2009, tendo criado, além do MAAT, também o Central Embassy Shopping Center em Banguecoque, o 2015 MPavilion, em Melbourne, e a nova estrutura do Museu V&A, em Londres.

Amanda Levete esteve em Lisboa, em 2016, para a inauguração do MAAT, um projeto da Fundação EDP que envolve um espaço global de 38 mil metros quadrados na frente ribeirinha, na zona de Belém.

Entregue pela primeira vez em 1998, e anualmente desde 2012, o Prémio Jane Drew é atualmente coorganizado pela The Architectural Review e o The Architects' Journal como parte integrante da série de Prémios na Arquitetura.

Por Espaço de Arquitetura a 05 de fevereiro de 2018