Ínicio Arquivo

Câmara de Campo Maior lança concurso para recuperação da Fortificação Abaluartada

 2017-02-23

Luso Cuanza: Câmara de Campo Maior lança concurso para recuperação da Fortificação Abaluartada

A Câmara de Campo Maior vai investir 4,5 milhões de euros nos trabalhos de recuperação da Fortificação Abaluartada da vila, tendo já lançado o respectivo concurso público.

De acordo com os pressupostos do concurso, a intervenção vai implicar movimentos de terra, estruturas em betão armado, reabilitação de alvenarias da fortificação, paredes de taipa, revestimentos, redes de águas, redes de esgotos e pluviais, instalações eléctricas e calçadas.

O projecto de Requalificação da Fortificação Abaluartada de Campo Maior foi aprovado na vertente de Património Cultural e Natural do Alentejo 2020 e é um dos mais relevantes entre os projectos aprovados, significa um investimento a rondar os 5 milhões de euros, financiados a 75% por fundos comunitários. Trata-se de um extraordinário traçado abaluartado formando polígono irregular de 10 lados com alguns troços de cortina já desaparecidos e que agora vai ser recuperado. A fortaleza integra um castelo, que detém ainda duas das suas seis torres originais, um fosso, que é visível em quase toda a extensão da muralha e uma série de baluartes, grande parte deles ocupados por habitações.

Recorde-se que esta estrutura militar integra uma das mais antigas fronteiras definidas no mundo e é a segunda mais importante fortificação na região do Alto Alentejo, a seguir à de Elvas e com a sua recuperação Campo Maior ganha capacidade de atracção turística, um recurso com elevado potencial de exploração na região.

Por Ricardo Batista a 21 de Fevereiro de 2017 | Construir