Ínicio Arquivo

Seis projetos portugueses entre os finalistas dos prémios Architizer A+

 2015-03-20

Architizer_A+_Awards_Luso_Cuanza


Seis projetos portugueses estão entre os 205 finalistas, provenientes de 100 países, da 3ª edição dos prémios Architizer A+, promovida por este site de divulgação de arquitetura.
 

Dois projectos residenciais, outras duas obras no sector comercial e uma escola estão entre os 205 finalistas de 100 países desta terceira edição dos prémios Architizer A+, promovida por este site de divulgação de arquitectura. Na categoria Plus, que se foca na reabilitação, há ainda o projecto do Chalet das Três Esquinas em contenda. 

Os projetos selecionados na categoria residencial pertencem a dois ateliers portugueses: Casa Taíde, de Rui Vieira Oliveira + Vasco Manuel Fernandes, em Taíde, no norte do país, e a Casa Sambade, dos Spaceworkers, em Penafiel, na subsecção de casas particulares. Na categoria educativa, na subsecção de instalações de educação e investigação, foi nomeado o projecto de Pedro Reis pela Escola Superior de Desporto e Lazer de Melgaço.

Na categoria de espaços comerciais concorrem dois projectos portugueses – o Parque Tecnológico de Óbidos, de Jorge Mealha e a Adega Vinícola Gran Cruz Porto, de A. Burmester Arquitectos Associados, em Alijó,.

Por fim, e numa outra categoria geral dedicada à arquitectura de reabilitação, está também entre os seus cinco finalistas um projecto português: o Chalet das Três Esquinas, do atelier Tiago do Vale Arquitectos transformou e que já tinha sido escolhido pelos votantes do concurso anual promovido pelo site ArchDaily como vencedor de 2014 na categoria de restauro e requalificação.

Os cinco finalistas portugueses competem em cada categoria com outros quatro candidatos, num conjunto de 205 projectos que podem vencer tanto o Prémio do Júri (The Architizer A+ Jury Award) quanto o Prémio de Escolha Popular (Architizer A+ Popular Choice Award). No caso do primeiro, os vencedores passam pelo crivo de um júri alargado de mais de 300 profissionais – arquitectos, agentes culturais de referência, artistas plásticos, empreendedores e “pessoas que de facto contratam arquitectos”, como descreve a Architizer, um site de divulgação de arquitectura que tem mais de um milhão de visitantes mensais.

De 17 de Março a 3 de Abril o público pode votar online nos seus projectos preferidos, organizados em oito grandes categorias e várias subsecções num total de 90 áreas. 

Os projectos vencedores serão compilados em livro pela conceituada editora de artes e design Phaidon. A entrega dos prémios, desenhados pelo atelier Snarkitecture, será em Nova Iorque a 14 de Maio.

Fonte: Publico