Ínicio Arquivo

Mandamentos para a segurança da rede Wi-Fi

 2016-01-18

Os ataques de hackers são cada vez mais frequentes. 

Siga estás técnicas para evitar que os seus dados, como nomes de utilizador e palavras-passe de acesso a serviços online (bancos, por exemplo), caiam nas mãos erradas.

1- Mude a identificação da sua rede wireless (SSID), sobretudo se a mesma inclui informações sobre a marca do router.

2- Use uma password longa e complexa (evite palavras que estão no dicionário) para o Wi-Fi e certifique-se que o modo de encriptação ativado é o WPA2, que é o mais difícil de desencriptar. Nunca, mas nunca, use a password original do router.

3- Mude a password da rede Wi-Fi com alguma regularidade para limitar os estragos caso esta informação já tenha caído em mãos erradas.

4- O nome de utilizador e a password de administração/configuração do router também devem ser mudados. Se existir essa hipótese, configure o router para que a configuração só possa ser feita através de computadores ligados por Ethernet. Isto significa que só vai poder configurar o router através de um computador que esteja ligado à rede via cabo, o que limita muito as hipóteses de acesso exterior.

5- Ative a filtragem por MAC address no router (um endereço único gravado em cada dispositivo) para que só os dispositivos selecionados possam aceder à rede Wi-Fi – a password deixa de ser suficiente para aceder à rede.

6- Desative a rede Wi-Fi (ou desligue o router) quando não está a utilizá-la, sobretudo por períodos longos – os “piratas” ficam com menos tempo para tentar forçar o acesso. Se possível, coloque o router numa zona mais central da casa para limitar o alcance para quem está fora de portas.

7- Mantenha os PCs desligados quando não os usa.

8- Encripte as suas pastas, sobretudo aquelas que contêm dados sensíveis usando aplicações de segurança para o efeito. Não partilhe pastas em rede – se for importante criar estas partilhas, apenas mantenha lá os ficheiros pelo tempo estritamente necessário.

9- Utilize um software de segurança completo, com deteção de intrusões (análise de comportamentos) e firewall.

10- Nunca guarde passwords e nomes de utilizadores em ficheiros armazenados nos dispositivos ligados à Internet.

Fonte: Exame Informátiica|Sérgio Magno

Deseja obter um aconselhamento personalizado sobre segurança informática para si ou para a sua empresa?

Os nossos técnicos são certificados e avaliados anualmente pelos fabricantes e estão preparados para responder às exigências do mercado atual.

Para mais informações contacte a Luso Cuanza pelo tel: 21 716 24 14 ou envie um e-mail para geral@lusocuanza.pt.